GOVERNANÇA E SUSTENTABILIDADE

102-11

Gestão de riscos

Em 2018, a operadora estruturou e implantou de forma efetiva a política e a metodologia para gestão de seus riscos. O conteúdo foi disseminado para todos os colaboradores por meio de encontros presenciais e workshops, definindo de forma clara papéis e responsabilidades de cada um na gestão de riscos.

Além disso, foram realizados risk assessments com gestores de todas as áreas e estruturada alçada específica para aceite de riscos.

Ainda em 2018, foi estruturada a área de Compliance, mais um passo importante para aprimorar a conformidade e o entendimento com regulamentações internas e externas e o combate à corrupção. Dentre os trabalhos iniciados, está o Due Diligence Reputacional, que avalia os principais fornecedores e parceiros de negócios. Mais uma ferramenta para diminuir possíveis riscos de imagem e reputação.

Não realizamos uma análise específica dos efeitos associados às mudanças climáticas no processo de gestão de riscos, mas temos trabalhado na neutralização de emissões voltadas aos impactos de nossas operações.

Em dezembro, a aplicação e disseminação do trabalho foi avaliado em auditoria específica com foco na ISO 31000:2018. Há previsão de que o resultado, com e possível obtenção do selo, ocorra no primeiro trimestre de 2019.

GOVERNANÇA E SUSTENTABILIDADE

102-11

Gestão de riscos

Em 2018, a operadora estruturou e implantou de forma efetiva a política e a metodologia para gestão de seus riscos. O conteúdo foi disseminado para todos os colaboradores por meio de encontros presenciais e workshops, definindo de forma clara papéis e responsabilidades de cada um na gestão de riscos.

Além disso, foram realizados risk assessments com gestores de todas as áreas e estruturada alçada específica para aceite de riscos.

Ainda em 2018, foi estruturada a área de Compliance, mais um passo importante para aprimorar a conformidade e o entendimento com regulamentações internas e externas e o combate à corrupção. Dentre os trabalhos iniciados, está o Due Diligence Reputacional, que avalia os principais fornecedores e parceiros de negócios. Mais uma ferramenta para diminuir possíveis riscos de imagem e reputação.

Não realizamos uma análise específica dos efeitos associados às mudanças climáticas no processo de gestão de riscos, mas temos trabalhado na neutralização de emissões voltadas aos impactos de nossas operações.

Em dezembro, a aplicação e disseminação do trabalho foi avaliado em auditoria específica com foco na ISO 31000:2018. Há previsão de que o resultado, com e possível obtenção do selo, ocorra no primeiro trimestre de 2019.