SAÚDE AMBIENTAL

303-1, 103-2, 103-3

Água

As unidades da Central Nacional Unimed são apenas administrativas, não utilizam a água como insumo no processo produtivo e nenhuma fonte hídrica é afetada. Não há mecanismos eficientes para medir o descarte de água na rede de esgoto.

Na matriz é utilizado poço artesiano licenciado pela Sabesp. Nas unidades de negócios Pamplona e São Luís a água é da rede pública e foram contabilizadas no cálculo. Nas demais unidades não temos como mensurar, pois os controles ficam a cargo dos condomínios em que estão instaladas.

  Volume total retirado de água subterrânea (Matriz Al. Santos) Volume total por abastecimento municipal (Pamplona e São Luís)
  Consumo anual (m³) Consumo anual (m³)
2016 4.834 2.913
2017 3.961 3.314
2018 3.970 2.487

  Consumo Anual (m³) Média Mensal (m³) Média Anual por Colaborador (m³)
2016 7.747 646 6,51
2017 7.275 606 5,37
2018 6.457 538 5,74
SAÚDE AMBIENTAL

303-1, 103-2, 103-3

Água

As unidades da Central Nacional Unimed são apenas administrativas, não utilizam a água como insumo no processo produtivo e nenhuma fonte hídrica é afetada. Não há mecanismos eficientes para medir o descarte de água na rede de esgoto.

Na matriz é utilizado poço artesiano licenciado pela Sabesp. Nas unidades de negócios Pamplona e São Luís a água é da rede pública e foram contabilizadas no cálculo. Nas demais unidades não temos como mensurar, pois os controles ficam a cargo dos condomínios em que estão instaladas.

  Volume total retirado de água subterrânea (Matriz Al. Santos) Volume total por abastecimento municipal (Pamplona e São Luís)
  Consumo anual (m³) Consumo anual (m³)
2016 4.834 2.913
2017 3.961 3.314
2018 3.970 2.487

  Consumo Anual (m³) Média Mensal (m³) Média Anual por Colaborador (m³)
2016 7.747 646 6,51
2017 7.275 606 5,37
2018 6.457 538 5,74